terça-feira, 26 de junho de 2012

Não Vale Nada


A "Carta Capital" abusou da "dialética" para, em editorial, criticar o Maluf, ao mesmo tempo em que anunciava o apoio ao Fernando Haddad nas eleições paulistanas (aliás, essa é uma novidade na "mídia nativa": apoiar um pré-candidato, uma vez que o período eleitoral sequer começou oficialmente). O texto todo é de uma subserviência que, eu imaginava, causava aversão ao "sofisticado" Mino Carta. Quando há grana da patuleia travestida de anúncios publicitários, tudo o que é sólido se desmancha mesmo no ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário